Quem Somos

Conheça um pouco mais sobre a história do Ministério I.P.E!

"Muitos que não têm filhos próprios poderiam fazer uma boa obra cuidando dos filhos dos outros. Em lugar de dar atenção a animaizinhos mimados, prodigalizando afeição a mudas criaturas, dediquem suas atenções às criancinhas, cujo caráter podem moldar segundo a semelhança divina". ( A Ciência do Bom Viver, p. 203, Ellen G. White)


O Ministério "Ide, Pregue, Estude!" foi fundado no final de 2015 por Victor Hugo Monteiro Braga e sua esposa Gabriela Rodrigues Pinheiro, ambos evangélicos da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Ele, médico. Ela, advogada. Após se conhecerem num projeto missionário em Guiné Bissau (África), resolveram se casar, abandonar carreira, família e os confortos da cidade grande para se tornarem missionários em tempo integral nos rincões da Amazônia.

No início 2015 fizeram o curso de missões por meio do Projeto Salva Vidas Amazônia, casaram-se e foram morar numa comunidade nas margens do rio Andirá com 69 pessoas, cada um ganhando uma bolsa auxílio de R$500,00 por mês.

Um ano depois, Victor foi contratado como médico do município. O fato de voltar a ter renda fez com que o casal conseguisse colocar em prática um sonho antigo: investir no futuro de jovens carentes, que têm o sonho de ter uma profissão.

Aprovado nos critérios de seleção (conheça-os no item "Seleção"), o jovem é inserido em um dos programas do Ministério: o "Lar-Escola" , o "Cartas de Cristo" ou o "Fornalha", por meio do qual tem a oportunidade de estudar e correr atrás de seus sonhos.

O objetivo primário do Ministério Ide Pregue e Estude! é incutir na mente desses jovens o espírito missionário para que disseminem a Palavra de Deus e assim contribuam para a aceleração da volta de Cristo a esta terra. Em segundo lugar visa-se franquear-lhes a oportunidade de terem uma profissão, promovendo-se assim mobilidade social, ampliação das perspectivas de vida acadêmica e profissional. Como cidadãos devidamente qualificados é perfeitamente possível que um dia retornem para cuidar de seus conterrâneos, se assim Deus os chamar.

No ano de 2018 o casal recebeu um chamado para atuar em Rondônia, novamente como missionários voluntários. Quatro jovens que ajudavam enquanto moravam no Amazonas foram praticamente adotados por eles e seguiram com a dupla.

Atualmente o ministério é inteiramente mantido por pelas vendas dos livros "A Menina do Parque" e "Sob o Sol Africano", materialmente este que conta na íntegra essa maravilhosa trajetória de missão  e entrega.

Diversos jovens tem sido auxiliados (conheça-os no item "jovens de valor"). A demanda é grande. Quer fazer parte da realização do sonho de alguém e mudar a vida dele para sempre?

Junte-se a nós e torne-se um apoiador!